Casas para arrendar até 500 euros em Portugal? Não há quase nada!

A maioria dos portugueses que está à procura de casa para arrendar quer (ou pode) pagar o máximo de 500 euros por mês. Mas não há oferta que dê resposta a tanta procura. Por estes valores existem disponíveis no mercado 61,4%, menos 12,7% do que seria necessário, uma vez que a procura está fixada nos 74,1%, segundo os dados I Observatório do Mercado da Habitação em Portugal da Century 21.

Superior à procura em 6,7% é a oferta de preços entre os 601 e os 700 euros. O estudo, analisado pelo idealista/news, destaca ainda um excesso de casas com valores de arrendamento entre os 801 e os 900 euros, cuja oferta atinge os 11% e a procura os 3%. “O mercado regista uma escassez significativa de habitações no segmento de preço mais baixo”, lê-se no documento.

Tendo em conta que o preço médio de oferta de arrendamento, a nível nacional, situa-se nos 536,99 euros, conclui-se que este valor supera em 36,99 euros o valor médio que os que pretendem arrendar uma habitação estão dispostos a pagar, dado que a procura indica disponibilidade para rendas mensais até 500 euros.


0 views0 comments